quinta-feira, 30 de julho de 2009

Carta de um Filho para um Pai.

Esse bêbe descobriu um jeito de dizer para o pai: EU TO AQUI!

"Um dia papai, voce e mamãe num momento de amor, se entregaram e se tornaram um só.
E num momento mágico, olha eu aqui! Eu não entendia como eu, de um pedaçinho tão pequeno me transformei em tantos, acho que isso é milagre de amor. Rapidamente apareceu um som, e eu descobri que era uma coisa chamada coração. Descobri também que é no coração que todos os sentimentos ficam guardados. Até os sentimentos que nos entristecem como saudade, abandono, desamor. E assim eu fui crescendo na barriga da mamãe ouvindo tudo o que ela me dizia. Eu sabia papai, não sei como, mas eu sabia, que voce existia, mas nunca ouvia sua voz. Eu me perguntava porque voce não estava aqui com a gente. Mandei várias mensagens para o coração da mamãe, até que uma coisa chamada cérebro recebeu e ela percebeu ou entendeu. Foi aí que ela de uma maneira doce e delicada me disse que voce não sabia ou não queria acreditar que eu existia. Meu coração sentiu pela primeira vez TRISTEZA. Não entendi papai porque voce não acreditou na mamãe e me ignora. Será que ela mentiu para mim? Será que as mães mentem? Não posso exigir que voce goste da mamãe, mas e de mim? Eu sou teu filho! Se voce duvida disso, eu não. Eu te reconheceria em qualquer lugar, em qualquer tempo, mesmo sem nunca ter ouvido sua voz. Sabe porque? Existe um elo maior, muito mágico, mais forte do que o DNA ou heranças genéticas. Existe meu coração pequenininho que bate forte, e as vezes diz PAPAI. Sabe papai, eu queria ter podido sentir teu carinho, teu amor. Mas voce me nega tudo isso. E mesmo sem compreender a mamãe, eu aceito a desculpa que ela me dá, dizendo que embora tenha tentado muitas vezes falar com voce, não conseguiu. Será verdade que voce não quiz ouvir? Será que é tão ruim assim ser meu pai? Tenho que lhe dizer: eu amo ser seu filho! Voces adultos fazem coisas que são muito dificéis de ser compreendidas por gente pequena. Talvez seja porque em nosso coração de gente pequena só exista amor, e isso basta. E em nome desse amor eu te perdoo papai. Um dia quando eu sair daqui, talvez eu entenda o que aconteceu com voces. Sabe papai, aqui na barriga da mamãe é bom demais. Estou aquecido, protegido e brinco muito. As vezes a mamãe chora, fala seu nome, que eu já decorei de tanto que ela fala, e eu não tenho como ajudá-la. Daqui há algum tempo ela já vai sentir meus movimentos, e aí quando ela chorar eu vou dar um chutão aqui dentro para ela saber que EU TO AQUI, problema se voce não está. Não se culpe, eu só queria entender. Eu nunca vou rejeitar uma pessoinha linda como eu. Dizem que tem um dia que é das mães, mas também soube que tem o dia dos pais. Eu queria tanto poder te falar de mim, do quanto eu já te amo, e da tristeza de nunca voce me conhecer. A mamãe falou que voce nunca vai saber que eu existo. Por isso numa atitude de amor e coragem eu resolvi escrever esta carta para voce, quem sabe voce lê e procura a mamãe. E quem sabe acontece um momento mágico e voce resolve me querer como eu te quero. E aí eu vou ficar esperando voce me pegar no colo, beijar meu pezinho, e descobrir como eu sou parecido com voce. Acho até que voce vai chorar, eu também. Mas tenho certeza que voce terá uma linda canção para mim, e vai cantar para me ninar no aconchego do seu braço forte. Não vou ter medo de nada, pois meu pai vai estar me protegendo. Não conte para mamãe nada do que estou te falando, esse será nosso primeiro segredo. Papai, voce vai me ensinar a soltar pipa? Eu já estou treinando com um cordão que tem aqui, que me liga a mamãe. Ou será que vamos jogar bola?
Papai, mesmo sem a mamãe saber, eu quero te desejar um lindo dia dos pais! Meus braçinhos são pequenos e eu não te alcanço, mas feche os olhos e sinta o meu abraço. É o meu primeiro abraço em voce papai. Voce que merecia saber que eu ESTOU AQUI, mesmo que voce não acredite.
FELIZ DIA DOS PAIS."

4 comentários:

Jéssik Tathi disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Patrícia Pontes disse...

Podemos negar muitas coisas na vida quando não as queremos ver, uma dor de cabeça, uma rusga com um amigo ou um familiar, uma bronca do chefe no trabalho... Enfim, coisas banais desse tipo, mas nunca um filho! Um filho é uma dádiva de Deus, uma bênção do Senhor, mesmo que este não tenha sido desejado ou planejado no momento de sua concepção, mas nunca rejeitado quando se sabe de sua existência. Todo filho tem o direito de ser conhecido por seu pai e sua mãe, de ser amado e protegido por eles como se fosse o diamante mais precioso do mundo. Espero profundamente que meu filho nunca passe pela dor do vazio de um pai ausente como esse se mostra nesse texto tão emocionante. Mas a esse bebê que vai nascer com a graça de Deus, que não tenha um pai, mas que tenha pessoas que já o amam assim como eu.

Mauricio Rocha disse...

Esta criança que esta por vir tera o grande amor do seu dindo que ainda nem sabe como sera seu rostinho,mais que ja o amo de uma forma ta grande,e por mais que o pais se negue a reconheser essa criança com filho um dia sua consiencia ira pesar bastante e se arependera doque foi feito,e podera ser tarde demais.
Saiba amiga que vc pode contar com migo em tudo que precisar.

Rosana disse...

Caramba, vc me fez refletir um montão agora viu..
Deve ser muito complicado essa situação, não digo triste, porque um pimpo(bebê) nunca será motivo de tristeza, ao contrário é uma vida que já está entre nós,já compartilha e sente td o que sentimos,de uma maneira mais branda mais sente.
A pessoa que escreveu esse texto ou desabafo foi ungida a faze-lo viu, quanta alegria e descontentamento passa ao mesmo tempo.
Só tenho a dizer que:não é nada bom não ter a participação de um pai(de verdade) na vida de uma criança,é dificil,mas não impossivel,Deus capacita os que Nele crêem,e de uma forma ou de outra td dará certo,mas por outro lado não se pode obrigar ninguém a nada,creio que a paternidade é um dom e deve ser tratado com muito carinho e respeito, se existem pessoas que não tratam assim é porque não sabem o dom precioso que é.
O que diria para a pessoa do texto/relato:
Se ela tentou dizer a real situação e nada aconteceu,nada mudou...só resta deixar o tempo dizer,nada melhor que ele,dizia meu querido Pe Thiago,se fez sua parte e nada mudou,se fez dinovo e nada mudou...deixa que o tempo se encarrega de mostrar os fatos.
Uma coisa é certa, essa criança será muito amada, e se como ela disse:"para gente pequena só o amor basta",isso tem de sobra.

Que o Senhor abençõe em graça e sabedoria.
Amém!